Criança desaparecida sobrevive em mata de RO por cinco dias

Menina de quase 2 anos sumiu durante festa numa chácara na cidade de Ariquemes, na véspera de ano novo

Gabriela Cabral, especial para O Estado de S.Paulo

06 de janeiro de 2009 | 17h30

Uma menina de 1 ano e 9 meses sobreviveu por cinco dias em uma mata na região de Ariquemes, a cerca de 200 km de Porto Velho. A polícia acredita que ela pode ter sido raptada e depois abandonada, ou que tenha caído em um buraco, do qual teria saído sozinha, já que seu único vestígio, uma sandália, foi encontrado perto de um buraco. Ana desapareceu no dia 31 de dezembro durante uma festa que os pais davam em uma chácara e foi encontrada próxima a uma lagoa, desidratada, com lesões leves e picadas de insetos, além de três quilos mais magra. A Polícia Militar deslocou uma força-tarefa para encontrar a garota, que acreditava que ela tivesse caído em um rio a 300 metros do local do desaparecimento. A menina foi internada em um hospital particular e está sob observação na companhia dos pais, Ronaldo e Françoise Abranches.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.