Criança é morta com 11 facadas pelo padrasto

Uma menina de dois anos foi assassinada com 11 facadas pelo padastro, na madrugada de domingo, em Laranjal Paulista, região de Sorocaba. Preso no início da noite, o acusado, Luiz Rodrigo Muniz dos Reis, de 19 anos, disse que cometeu o crime para se vingar da mãe da criança, Letícia Michele Proença, de quem estava separado desde sexta-feira, em razão de uma briga. A mãe e outros familiares tinham saído para festejar o Carnaval e deixaram a menina Vitória sozinha, dormindo, em casa, na região central da cidade. Reis, que estava nas proximidades, invadiu a casa depois que os moradores saíram e esfaqueou a criança. Ele alegou ciúmes da companheira. O acusado foi detido em Jumirim, cidade vizinha. Segundo a Polícia Civil, ele tinha passagens por tráfico de drogas. O delegado Francisco Pantojo, que autuou em flagrante o autor do crime por homicídio qualificado, também vai indiciar a mãe por abandono material, já que deixou a menina sozinha em casa para ir a uma festa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.