Criança morre ao ser arrastada por veículo roubado no Rio

Um assalto no subúrbio da zona norte do Rio acabou com a morte de João Hélio Fernandes Vieites, de seis anos. O crime aconteceu às 21h30 desta quarta-feira, próximo à Praça Patriarca, em Oswaldo Cruz, quando o carro da mãe do menino foi cercado por assaltantes. Ao ser parada pelos bandidos, a mulher desceu, abriu uma das portas traseiras e começou a soltar a criança, que usava cinto de segurança. Antes de conseguir retirar João, a mãe foi surpreendida pelo arranque do carro, pois um dos bandidos já havia assumido o volante. Pendurado, o menino foi arrastado numa distância de quase um quilômetro, entre os bairros de Oswaldo Cruz e Campinho, até que o corpo fosse partido ao meio. Após abandonarem o carro, os criminosos fugiram pela escadaria da estação de trem de Cascadura. De acordo com informações da TV Record, a polícia do Rio determinou uma operação de caça aos bandidos. Esta matéria foi atualizada às 9 horas para acréscimo de informações.

Agencia Estado,

08 Fevereiro 2007 | 04h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.