Defesa Civil/SC/Divulgação
Defesa Civil/SC/Divulgação

Criança morre e milhares ficam em energia após temporal atingir SC

Rajadas de vento de até 97 km/h causaram estragos em pelo menos 20 municípios; no litoral, carros foram arrastados por grandes ondas

Marcone Tavella, Especial para o Estado

17 Outubro 2016 | 09h10

FLORIANÓPOLIS - Uma criança de sete anos morreu após ter sido atingida pela queda de uma árvore, em Tubarão, durante um forte temporal que atingiu a região Sul de Santa Catarina neste domingo, 16. Rajadas de vento de até 97 km/h causaram estragos em pelo menos 20 municípios e 150 mil ficaram sem energia na região, a cerca de 140 km da capital Florianópolis.

No litoral, carros foram arrastados por grandes ondas, em um fenômeno que foi definido pela Defesa Civil como tsunami meteorológico. Duas pessoas tiveram que ser socorridas de dentro de um automóvel que foi carregado pelas águas. 

Em Laguna, uma carreta tombou na Ponte Anita Garibaldi, na BR-101, e o trânsito está lento no sentido Paraná-Rio Grande do Sul. Devido ao temporal, uma força-tarefa foi criada pela Defesa Civil, que iniciou a entrega de lonas para famílias que tiveram danos em suas residências.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.