Criança vinha a SP para cirurgia cardíaca

Uma criança e seis policiais militares estão entre as vítimas fatais do grave acidente que ocorreu na manhã de hoje na Rodovia Castelo Branco. A menina Daine Cristine Godoy Nicoline vinha da cidade de Sabino para o Instituto do Coração da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, onde faria uma cirurgia cardíaca. Sua mãe, Roseli Aparecida Nicoline, que também estava na ambulância, sofreu fraturas e está internada no Hospital Regional de Sorocaba. Seu estado de saúde é estável.Os seis policiais militares mortos também viajavam para fazer consultas médicas. Integrantes da Polícia Militar de Bauru, eles vinham para o Centro Médico da Polícia Militar. No grupo, o único sobrevivente que se tem notícia até agora é o PM Roberto da Silva. Ele está internado na Santa Casa de Itu, com traumatismo craniano e fratura do fêmur. Segundo informações do hospital, ele deve ser submetido a uma cirurgia, mas antes disto, é preciso que seu quadro se estabilize.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.