Crianças podem ter sido envenenadas pelas próprias irmãs

A polícia do município de Feira de Santana suspeita que as filhas de outro casamento do mecânico Evanício Silva possam ser as responsáveis pela morte por envenenamento dos filhos de 8 e 6 anos de seu casamento atual. As crianças passaram mal e morreram minutos depois de consumirem doces e salgados entregues na casa do mecânico pelo motoboy Gilson Bastos, no último domingo, 16.Identificado e conduzido até a delegacia na manhã desta terça-feira, 18, Bastos contou que quando passava pelo centro de abastecimento da cidade foi parado por uma mulher que lhe pagou R$ 3 para levar o pote de guloseimas até a casa do mecânico para entregar à filha dele de 13 anos, acompanhado de um bilhete escrito por um suposto apaixonado anônimo. A garota de 13 anos e outros cinco irmãos comeram os doces e passaram mal. Ao descrever a pessoa que mandou entregar o pote, o motoboy permitiu que o mecânico Evanício suspeitasse das três filhas de um outro relacionamento. A primeira, a balconista Edmara da Silva chegou a ser presa pela manhã, prestou depoimento e foi liberada. As equipes do delegado Matheus Lima tentam agora localizar as outras duas irmãs de Edmara.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.