Crianças que se afogaram no São Francisco são localizadas

Elas se afogaram durante um passeio de barco na região de Januária; dois ainda estão desaparecidos

Eduardo Kattah, do Estadão

23 Julho 2007 | 20h02

O Corpo de Bombeiros localizou nesta segunda-feira, 23, os corpos de três das cinco crianças que se afogaram no rio São Francisco, no último domingo, durante um passeio de barco na região de Januária, norte de Minas Gerais. As buscas foram suspensas no início da noite e duas vítimas permaneciam desaparecidas. As crianças tinham entre quatro e dez anos de idade.   De acordo com a Polícia Militar, um casal, os quatro filhos e dois sobrinhos saíram na tarde de domingo. Como costumava fazer nos finais de semana, o pescador Valdeci Pereira levou a esposa e as seis crianças para um passeio.   Quando o homem ancorou a embarcação simples em um banco de areia, as crianças entraram na água sem coletes salva-vidas e foram arrastadas pela correnteza. Ele disse que só conseguiu salvar uma filha.   Uma equipe de mergulho dos Bombeiros de Montes Claros iniciou as buscas no início da manhã. Foram resgatados os corpos de Gleidson Pereira Borges, de sete anos; Claudiane Pereira Souza, de 10, e Rafael Pereira Borges, de quatro anos. Vanilson Pereira Barbosa e Eliane Pereira Souza, ambos de oito anos, permaneciam desaparecidos.

Mais conteúdo sobre:
São Francisco crianças afogamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.