Crianças vão ser salva-vidas no litoral paulista

Maresias terá crianças atuando como salva-vidas mirins A partir da próxima temporada de verão, um grupo de 50 crianças e adolescentes de São Sebastião, no Litoral Norte Paulista, vai atuar na praia de Maresias orientando os turistas quanto aos riscos de afogamento e incidentes no mar. Chamados de salva-vidas mirins os adolescentes participam do Programa de Orientação e Prevenção de Afogamentos, feito em parceria com o Salvamento Marítimo do Corpo de Bombeiros e a Associação de Bombeiros Voluntários.O treinamento que começou em abril será de seis meses. As crianças aprenderão a ter um comportamento seguro e preventivo na praia e ensinarão as pessoas a ter o mesmo comportamento. "O trabalho será educativo, mas de grande importância, pois elas ajudarão outras crianças e adultos a não se envolver em situações de risco", explicou o tenente Igor Sergei Klein.Uniformizados e com apitos, as crianças vão ser multiplicadores e trabalhar na orientação dos turistas quanto a buracos no mar, correntezas, correntes de retorno, lugares impróprios. "A primeira lição é não entrar no mar quando alguém estiver se afogando e chamar um salva-vidas adulto". Apesar do trabalho ser educativo, Klein aposta na atuação do grupo de salva-vidas mirins. "São agentes multiplicadores. Tudo começa com a educação, que pode evitar, por exemplo, problemas que vão desde uma insolação até os afogamentos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.