Criminoso indica a localização de ossadas de crianças

A Polícia Federal encontrou em Altamira, no sudoeste do Pará, uma ossada no local indicado pelo mecânico Francisco das Chagas Rodrigues de Brito. Preso em dezembro passado, no Maranhão, Chagas confessou ter matado 12 crianças em Altamira, no período de 1989 a 1993, época em que 14 meninos foram emasculados naquele município. Restos de roupas e calçados também foram encontrados no terreno às margens da Rodovia Transamazônica, onde asescavações estão sendo feitas. Nesse local, Chagas diz ter matado cinco crianças. Os policiais isolaram uma área deaproximadamente 500 metros quadrados para fazer as buscas. Os ossos não estavam enterrados. Os peritos devem começarnos próximos dias a examinar a ossada para dizer se ela é humana e, caso seja, se era de algum dos meninos desaparecidos na região. O superintendente da PF no Pará, delegado José Sales, informou que vai pedir a ajuda de um arqueólogo doMuseu Emílio Goeldi, em Belém, para colaborar no trabalho de identificação da ossada. Próximo do local onde a ossada foi encontrada, o menino Maurício Farias de Souza, então com 13 anos, foi visto com vida pela última vez. Ele está desaparecido desde 27 dezembro de 1992.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.