Criminosos atacam mais uma cabine da PM do Rio e incendeiam veículos

De acordo com policiais, ocupantes passaram em alta velocidade efetuando os disparos

Bruno Lupion, do estadão.com.br

23 Novembro 2010 | 01h46

SÃO PAULO - Criminosos fizeram mais um ataque contra bases policiais no Rio de Janeiro na noite de segunda-feira, 22, por volta das 22 horas. Segundo a Polícia Militar, ocupantes de dois veículos passaram em alta velocidade disparando rajadas de tiros contra uma cabine próxima à Linha Amarela, na região do Jardim América, subúrbio da cidade.

Um dos tiros chegou a atravessar a cabine, mas nenhum dos policiais militares que estavam no local se feriu, segundo a polícia. Os criminosos conseguiram fugir. O ataque ocorreu na Avenida Dom Hélder Câmara, na altura de Del Castilhos, próximo ao shopping Nova América.

Foi o segundo atentado do dia contra cabines da Polícia Militar do Rio. Na manhã de segunda-feira, um criminoso passou em alta velocidade disparando contra uma cabine na Rua Monsenhor Félix, em Irajá.

Veículos incendiados. Dois carros também foram incendiados por um grupo de criminosos por volta das 22 horas de segunda-feira, na pista central da Rodovia Presidente Dutra, sentido Rio de Janeiro, na região de Pavuna, subúrbio da cidade.

A pista central chegou a ser interditada por mais de uma hora e o trânsito foi liberado às 23h15, segundo a concessionária Nova Dutra. Não há informações sobre vítimas.

 

Texto atualizado às 9h50.

Mais conteúdo sobre:
Rio PM ataques

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.