Google Street View
Google Street View

Criminosos executam 4 pessoas a tiros e ateiam fogo nos corpos na Serra Gaúcha

A polícia trabalha com a hipótese de que as pessoas tenham sido executadas por facções rivais, na disputa pelo tráfico

Luciano Nagel, Especial para O Estado

12 de junho de 2017 | 12h19

PORTO ALEGRE - Quatro pessoas foram executadas, com cerca de 40 tiros, dentro de uma residência, em Caxias do Sul na Serra Gaúcha. A chacina ocorreu na madrugada desse domingo, 11. 

Após o assassinato, os criminosos atearam fogo na casa com o objetivo de dificultar a investigação. A casa fica localizada na Rua D'Andrea, no bairro Pioneiro, e as informações são da Brigada Militar do município serrano. 

Os bombeiros foram chamados por volta da 1h da manhã de domingo para atender a ocorrência de incêndio. A residência, de dois andares em alvenaria foi destruída pelas chamas. 

Os corpos carbonizados foram encontrados em um mesmo cômodo. Posteriormente, peritos recolheram os restos mortais para o Departamento Médico Legal, em Caxias do Sul. Conforme informações preliminares da Polícia Civil, as vítimas seriam dois casais.

"O grau de parentesco ainda não foi descoberto. Como os corpos estão carbonizados, fica mais difícil a identificação", disse um agente da Delegacia de Homicídios de Caxias do Sul, que pediu o anonimato. 

O local era conhecido como ponto de vendas de drogas. A polícia trabalha com a hipótese de que os dois homens e as duas mulheres tenham sido executados por facções rivais, na disputa pelo tráfico. Ainda não há suspeitos pela chacina. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.