Divulgação
Divulgação

Criminosos explodem quatro bancos de Terra Rica, no Paraná

Durante a ação, o grupo fez disparos contra destacamento da PM para evitar reação policial; foi o segundo ataque em pouco mais de três meses

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

14 Novembro 2016 | 11h11

SOROCABA - Um grupo armado invadiu a cidade de Terra Rica, no noroeste do Paraná, e explodiu os cofres de quatro agências bancárias, neste domingo, 13. Foi o segundo ataque semelhante em pouco mais de três meses. Foram alvos dos bandidos as agências do Bradesco, do Itaú, do Sicoob e do Sicred, as duas últimas, cooperativas de crédito.

Durante a ação, os criminosos fizeram disparos contra o destacamento da Polícia Militar para evitar uma reação da PM. A quadrilha tentou explodir também o cofre da agência da Caixa Econômica Federal, mas não conseguiu.

O bando fugiu em vários carros. Um deles foi encontrado, horas depois, parcialmente submerso no Rio Paranapanema, mas não havia ninguém no interior. Nenhum suspeito foi preso.

Um ataque semelhante já havia acontecido na cidade no dia 8 de agosto deste ano. Naquela ocasião, tinham sido alvos as agências do Itaú, do Bradesco, do Sicred e do Banco do Brasil - esta última ainda não reabriu. À tarde, moradores fizeram uma passeata pelas ruas da cidade, de 17 mil habitantes, pedindo mais segurança.

São Paulo. No dia 29 de outubro, uma quadrilha com pelo menos 20 integrantes explodiu quatro agências bancárias em Capivari, no interior de São Paulo. Os criminosos usaram dinamites para atacar duas agências do Banco do Brasil, uma do Bradesco e outra da Sicoob.

Uma farmácia também foi saqueada. Os criminosos atiraram contra o prédio da Polícia Militar e alvejaram uma viatura da Guarda Municipal, mas ninguém ficou ferido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.