Divulgação
Divulgação

Criminosos invadem convento no ES e agridem frade de 80 anos

Pedro Engel foi amarrado e assaltado por homens que fingiram ser fiéis; ao tentar se soltar, ele sofreu escoriações por todo o corpo

Vinícius Rangel, Especial para o Estado

14 Fevereiro 2017 | 10h21
Atualizado 14 Fevereiro 2017 | 11h34

VITÓRIA - O frei Pedro Engel, de 80 anos, foi amarrado e assaltado por dois bandidos na tarde desta segunda-feira, 13, no Convento da Penha, na Prainha, em Vila Velha, na Grande Vitória. A vítima foi abordada por criminosos que usavam terços entre as mãos, para não apresentar suspeita, e alegavam ser fiéis.

Segundo o frei Paulo César Ferreira, de 62 anos, amigo da vítima, o líder religioso foi rendido na porta do escritório central do convento e sob fortes ameaças e empurrões, foi obrigado pelos bandidos a deitar-se ao chão.

Os criminosos roubaram uma quantia de dinheiro não divulgada e fugiram do local de moto. Quando os seguranças do convento souberam do fato, era tarde demais. Os assaltantes escaparam e, até o momento, ninguém foi detido. 

Amarrado e na tentativa de se soltar, frei Pedro sofreu escoriações por todo o corpo. A vítima foi encontrada minutos depois por Ferreira, que imediatamente ligou para a lanchonete do local pedindo socorro. O frade foi desamarrado por populares, levado a um hospital da cidade e passa bem. 

Após o assalto, 32 soldados do Exército estiveram na região com um carro blindado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.