Cristovam Buarque insiste na federalização da Educação Básica

O candidato à Presidência da República pelo PDT, senador Cristovam Buarque, participou de café da manhã com cerca de 100 associados da Câmara Americana de Comércio de São Paulo(Amcham), onde defendeu a federalização da Educação Básica no País. Para Cristovam, a federalização é a única maneira de reduzir a desigualdade social e garantir que o Brasil seja mais competitivo."Precisamos federalizar a Educação Básica no Brasil. Os municípios são desiguais, muitas Prefeituras não tem dinheiro para investir nas escolas. Não se trata de uma centralização gerencial, mas da responsabilidade do governo federal de garantir um padrão mínimo de qualidade", ressaltou. Segundo o candidato, uma criança em um município do interior do Maranhão, por exemplo, tem acesso a um sistema de ensino inferior ao disponibilizado nas capitais e grandes cidades. "Se Bill Gates tivesse estudado em Axixá, no Maranhão, não seria rico", criticou, exaltando que no País não há oportunidades educacionais iguais para todos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.