Cruzes por policiais mortos

A Associação de Oficiais Militares programou para a manhã de hoje um protesto na Praia de Copacabana. Serão espalhadas 586 cruzes na areia, simbolizando o número de policiais militares mortos no período de 4 anos (entre 2004 e 2007) no Estado.Com uma carta em que pede a reabertura das negociações salariais, o coronel reformado Dilson Anaide, presidente da associação, foi recebido ontem pelo subsecretário de Governo, Rodrigo Bethlem. Apesar de ter anunciado anteontem que iria pedir o afastamento do secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, Anaide afirmou pela manhã que ''''este não é o foco das atenções agora''''. Ele admitiu que o ''''Grupo dos Barbonos'''' cometeu ''''erros por inexperiência''''.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.