Cubatão recebe verba para construir aptos para 130 famílias

Cerca de 130 famílias que residem no Jardim São Marcos situado na área do polo industrial de Cubatão, vão ser remanejadas para o Bolsão 9, onde serão construídos 160 apartamentos, com previsão para início das obras no mês de junho deste ano. O Ministro de Cidades, Olivio Dutra, esteve neste sábado à tarde no município onde assinou convênio com a Prefeitura para liberação de verba no valor de R$ 2,6 milhões proveniente do projeto Habitar Brasil. Segundo o ministro, o empreendimento envolve ainda a construção de mais uma creche e de um centro comunitário e está orçado em R$ 5,8 milhões, dos quais R$ 3,2 milhões serão de responsabilidade da Prefeitura. Uma licitação internacional será aberta no mês de abril e as obras deverão estar concluídas até junho de 2005.A área do Bolsão 9 já foi repassada à Prefeitura e está situada às margens da rodovia dos Imigrantes. A favela do Jardim São Marcos fica próxima a duas empresas: A Bunge Fertilizantes e a Ultrafértil. O local foi invadido há mais de 10 anos e deverá ser totalmente urbanizado quando os prédios estiveram concluídos.Ainda durante a visita a Cubatão, Olivio Dutra comprometeu-se a tentar legalizar a propriedade das terras dos munícipes que estão sob a responsabilidade do SPU.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.