Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Cuidados que os pais devem ter

Antes de entregar os filhos a esses tratamentos, os pais precisam se cercar de cuidados como ter certeza da limpeza do lugar e dos produtos usados na pele dos pequenos. "A criança tem a pele muito mais sensível que a do adulto. Os produtos devem ser hipoalergênicos e com aromas suaves, pois elas são mais suscetíveis a alergias", diz Wellington de Jesus Furlani, dermatologista da Universidade Federal de São Paulo.Outro cuidado importante, segundo o especialista, é em relação à temperatura da água dos banhos de imersão, que não deve passar dos 36 graus. A criança também não pode ficar muito tempo na água, no máximo dez minutos, principalmente se sofrer de rinite ou outros tipos de alergia. "Depois é preciso enxugá-las bem. A umidade dá micoses." Há spas onde a família inteira participa do banho de imersão. As crianças pequenas recebem até brinquedinhos. "O lúdico é, mais do que permitido, desejável, mas os pais não estão alimentando os sonhos dos filhos", diz a terapeuta Lídia Aratangy. "Estão projetando os próprios sonhos." E as crianças sofrem as consequências. "Tenho uma paciente de 11 anos que chegou ao meu consultório quase careca. A mãe levou a filha ao salão para relaxar o cabelo. E a técnica queimou o couro cabeludo."

, O Estadao de S.Paulo

27 de junho de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.