Cumbica e Congonhas registram vários atrasos nos vôos

Apesar de vários atrasos tanto em pousos como em decolagens terem sidos registrados, a situação nos aeroportos de Congonhas e Cumbica, ambos na Grande São Paulo, é de relativa tranqüilidade no início da manhã desta quarta-feira. Às 6h30 foram registrados seis atrasos e um cancelamento segundo a Infraero. Em Congonhas, os atrasos ocorrem em um vôo da Pantanal, com destino em Juiz de Fora (MG), um da TAM, vindo de Salvador, que deveria ter pousado às 6h05, mas com horário previsto para as 11h25, e um da Gol, que deve pousar após as 7 horas, vindo de João Pessoa.No Aeroporto Internacional de Cumbica, dois vôos vindos de Frankfurt, um da Varig e outro da Lufthansa, estão atrasados. Um vôo da Gol, vindo de Buenos Aires, deveria ter pousado em Cumbica às 5h10, mas deve chegar apenas as 14h20. Em relação a decolagens, até as 6h30 da manhã havia sido registrado o cancelado de apenas um vôo, segundo a Infraero: da TAM com destino a Brasília.Na terça-feira, um total de 481 dos 1.355 vôos, cerca de 35%, atrasou nos principais aeroportos de todo o País. Na segunda-feira, os atrasos chegaram a 50% dos vôos. Vinte e sete controladores de vôo do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle do Trafego Aéreo (Cindacta 1), em Brasília, seguem com licença médica ou afastados, após o acidente com o vôo da Gol que vitimou 154 pessoas em setembro.Segundo as autoridades do setor aéreo, 150 controladores de vôo ficarão aquartelados em Brasília para evitar mais transtornos com possíveis ausências durante os próximos dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.