Cumbica e Viracopos serão ampliados, diz Alckmin

O convênio para a ampliação de dois dos maiores aeroportos do País - o de Cumbica, em Guarulhos, e o de Viracopos, em Campinas, ambos no Estado de São Paulo - deve ser assinado nesta semana. Foi o que disse o governador Geraldo Alckmin (PSDB), que esteve, neste sábado, em Aguaí, na região de São João da Boa Vista, interior de SP.Alckmin disse que vai reunir-se, nesta segunda-feira, com o presidente da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), Fernando Perrone, para definir os detalhes finais do acordo. "A ampliação só depende, agora, da Infraero", afirmou o governador.O governador destacou, porém, que a participação das prefeituras será fundamental no processo de desapropriação das áreas ao redor dos dois aeroportos."Um programa de reassentamento das famílias será essencial para o sucesso do projeto", observou Alckmin, que depende da assinatura do convênio para repassar a verba das desapropriações.A prefeitura de Campinas já firmou um convênio com a Infraero para negociar, com as famílias, o valor da área a ser desapropriada. A Infraero investirá R$ 53 milhões na ampliação do Aeroporto de Viracopos, que passará a ser o maior terminal de cargas da América Latina.O projeto de ampliação do Aeroporto de Cumbica prevê investimento da ordem de R$ 110 milhões. As obras devem ser concluídas até 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.