Cunhado de Alckmin nega atuar em lobby

O empresário Paulo Ribeiro, cunhado do governador Geraldo Alckmin (PSDB), negou ontem ao Ministério Público atuar como lobista de fornecedores de merenda a administrações municipais. Paulão, como é conhecido, prestou depoimento ao promotor Leonardo Rezek Pereira, que dirige inquérito civil para apurar supostas irregularidades no contrato entre a prefeitura de Pindamonhangaba (SP) e a Verdurama Comércio Atacadista de Alimentos.

Fausto Macedo, O Estado de S.Paulo

09 de fevereiro de 2011 | 00h00

Acompanhado de seu advogado, Gustavo Badaró, Ribeiro afirmou que é empresário e corretor de imóveis. "Não há nenhuma acusação concreta contra ele", disse Badaró. Paulão é investigado também em por promotores da capital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.