Curitiba retoma rodízio no fornecimento de água

Depois de cinco dias de suspensão no rodízio para fornecimento de água à população de Curitiba e região metropolitana, a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) retomou nesta quarta-feira, 6, a medida. Segundo a empresa, os rios Iraí, Pequeno e Itaqui, que tiveram um acréscimo na vazão em razão das chuvas que caíram entre quinta-feira e sábado da semana passada, já não suportam mais a demanda."Esta é uma situação normal", disse o gerente da Sanepar para a região, Antonio Carlos Gerardi. Quando chove, a empresa suspende a captação nas barragens, permitindo que recomponham um pouco o nível. Mas, se a estiagem demora um pouco mais, é preciso voltar a utilizar os mananciais permanentes. Nas barragens Piraquara e Iraí, o nível ainda está abaixo do normal. Nesta quarta elas permaneceram fechadas e a Sanepar passou a captar água das cavas e barragens particulares.Mesmo com previsão de possíveis chuvas para domingo, a empresa informou que o rodízio no fornecimento permanecerá inalterado, inclusive no feriado prolongado. Em Curitiba, a sexta-feira também é feriado, em comemoração à padroeira, Nossa Senhora da Luz dos Pinhais. O rodízio foi retomado nesta quarta para o grupo 6 das 14 às 16 horas. O grupo engloba 13 localidades parcialmente e outras três integralmente - Bairro Alto, Sítio Cercado e Xaxim. Às 16 horas, o fornecimento é cortado para o próximo grupo, o 7.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.