Curto-circuito na Bovespa mobiliza Bombeiros

Um curto-circuito no gerador de energia da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) mobilizou na manhã de hoje sete viaturas do Corpo de Bombeiros. Os bombeiros foram acionados às 10h50 e conseguiram evitar o princípio de incêncio. "O curto-circuito provocou muita fumaça no edifício, mas felizmente conseguimos evitar o princípio de incêncio e em menos de uma hora tudo já estava sob controle", informou o soldado Ed Carlos, da assessoria de imprensa do Centro de Operações do Corpo de Bombeiros.De acordo com Ed Carlos, não houve vítimas e também não houve o registro de equipamentos ou objetos danificados: "Apenas o gerador da casa de força do prédio da Bovespa foi danificado pelo curto-circuito". Por volta do meio-dia, os bombeiros ainda continuavam no prédio, situado no Largo do Café, centro da cidade, e que foi interditado por volta das 11 horas da manhã deste sábado. Quanto ao motivo do curto-circuito, a assessoria de imprensa do Centro de Operações do Corpo de Bombeiros informou que só a perícia vai identificar as causas.

Agencia Estado,

08 de setembro de 2001 | 12h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.