D. Eugênio encabeça procissão no RJ

O cardeal-arcebispo do Rio, dom Eugênio Sales, liderou a procissão de Corpus Christi, que teve o seu início antecipado - de 16 horas para 15 horas - por causa do programa de racionamento de energia. A procissão saiu da Igreja da Candelária, no centro do Rio, em direção à Catedral São Sebastião, na Avenida Chile, em um percurso de cerca de um quilômetro. "Antecipamos a procissão para que ela terminasse com dia claro. Todos temos que dar a nossa contribuição ao País", afirmou dom Eugênio durante a cerimônia, que contou com um público de cerca de 80 mil pessoas, segundo a Polícia Militar. Sobre sua sucessão, o cardeal disse que, até agora, o Vaticano não se pronunciou sobre o seu afastamento da Arquidiocese do Rio. "Ainda não foi definida uma data", assegurou o cardeal, que vai deixar o comando da arquidiocese neste ano, quando vai completar 81 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.