Dado Dolabella é transferido para a Polinter no Rio

Ator foi preso após desrespeitar ordem judicial de se manter afastado da ex-namorada

Solange Spigliatti, estadao.com.br

18 de março de 2009 | 14h18

O ator Dado Dolabella, que foi preso na noite de terça-feira e permanecia detido na Delegacia de Atendimento a Mulher, no centro do Rio, foi transferido nesta quarta-feira, 18, para a carceragem da Polinter, em Pavuna. Ele permaneceu preso após ter o pedido de habeas corpus negado no início desta manhã pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

 

Veja também:

linkDolabella é indiciado por agressão à camareira de Luana Piovani

linkDado Dolabella é denunciado por agressão pelo MP do Rio

 

Segundo a polícia, Dolabella foi detido sob a acusação de desrespeitar uma ordem judicial baseada na lei Maria da Penha, que instituiu penas específicas para quem agride mulheres. Ele é acusado de agredir a ex-namorada Luana Piovani e a camareira dela em 22 de outubro passado.

 

Segundo ordem judicial do 1º Juizado de Violência Doméstica, ele estava proibido de chegar a uma distância inferior a 250 metros da atriz. O encontro entre os dois aconteceu no camarote da Brahma durante o Desfile das Campeãs, no carnaval carioca.

Tudo o que sabemos sobre:
Dado DolabellaLuana Piovani

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.