Dalai Lama participa de culto ecumênico na Catedral da Sé

O monge tibetano Tenzin Gyatso, o 14º Dalai Lama, em seu último dia no Brasil, participa de um culto inter-religioso na Catedral da Sé a partir das 14h30 deste sábado, 29. A cerimônia terá a presença do Cardeal Dom Cláudio Hummes, arcebispo de São Paulo, e do Rabino Henry Sobel, além de representantes de outras organizações religiosas e a apresentação da cantora de origem judaica Fortuna e do Coro dos Monges Beneditinos do Mosteiro de São Bento.Ainda nesta manhã, Dalai Lama participa de outro evento aberto ao público, no Ginásio do Ibirapuera, e da Inauguração do Espaço Gandhi, com o Secretário do Verde e Meio Ambiente do Município, Eduardo Jorge Martins Alves Sobrinho, na Praça Túlio Fontoura.Na sua terceira visita ao Brasil, o Dalai Lama está propondo o debate entre espiritualidade e ciência, reunindo médicos, estudiosos, defensores dos direitos humanos, pesquisadores e professores, além de religiosos.Prêmio Nobel da Paz em 1989, ele representa uma força política e religiosa na campanha pacifista pelo fim da dominação chinesa no Tibet. Após a passagem pelo Brasil, o líder religioso segue para Buenos Aires, Santiago e Lima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.