DAS liberta jovem de cativeiro e prende quadrilha

Policiais da Divisão Anti-Seqüestro(DAS) libertaram, nesta madrugada, uma mulher que estava seqüestrada há 91 dias. Na noite de quarta-feira, os agentes da DAS do Rio de Janeiro conseguiram prender dois seqüestradores por meio de rastreamento de ligações telefônicas. A dupla confessou que fazia parte de uma quadrilha e indicou o local de um cativeiro no município de Mauá, no grande ABC paulista. Na madrugada de hoje, com o auxílio de policiais da capital, os agentes do Rio detiveram, em flagrante, outros dois membros da quadrilha, no cativeiro localizado na Rua Peter Flor, no Jardim Mauá. A vítima, identificada por enquanto como Maurim, 23, é filha de um empresário dono da empresa "Ruff Distribuidora de Petróleo", situada em Sorocaba, interior de SP. A jovem foi rendida pelos quatro bandidos ao lado de duas amigas quando saía de uma boate na cidade interiorana. As amigas foram deixadas na cidade vizinha de São Roque. A quadrilha entrou em contato com a família da vítima apenas uma vez, pedindo resgate de R$ 5 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.