De olho na reeleição, Kassab não sabe se sancionará lei

O prefeito Gilberto Kassab (DEM) ainda está indeciso sobre a sanção ou não do projeto de lei que amplia o rodízio, caso ele seja aprovado em segunda votação na Câmara. Pesa a possibilidade de concorrer à reeleição em 2008. Há temor de que a adoção de medida restritiva cause impacto negativo. Mas uma saída para amenizar o grave problema do trânsito na capital também pode somar pontos favoráveis ao possível candidato.Kassab nega que possa ampliar o rodízio. Ele fala em investimentos em transporte público, mas tem em mãos pesquisa mostrando que 41% da população está disposta a enfrentar dois dias de rodízio por semana. O prefeito também estuda esquema utilizado na Cidade do México, chamado de "Hoy Non Circula". Teria inclusive enviado técnicos da Prefeitura ao México para estudar as medidas lá adotadas. Mas, segundo a Assessoria de Imprensa da Prefeitura, ele só se manifestará após a segunda votação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.