Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

De volta, família dekassegui que passou apuros no Japão

Daniele Eduarda Kanagushu, a mulher de 28 anos que passou dificuldades no Japão depois da prisão do seumarido, Marco Antonio Vasconselos, no dia 18 de fevereiro - ela foi ameaçada de despejo e só conseguiu comer graças à solidariedade dos amigos - chegou às 23 horas de ontem, em Bauru, juntamente com seus cinco filhos menores - com idades de 2 a 13 anos. Ela quer retomar a vida com a família na sua cidade de origem, enquanto espera a solução dos problemas do marido com a justiça de Hamamatsu. Ele esteve preso acusado de co-autoria de extorsão, mas foi libertado no início do mês passado e já voltou a trabalhar, devendo lá permanecer até a solução do caso. Ameaçada, Daniele recorreu à mãe, Roseli Torres Kanagushu que, de Bauru, apelou pelo retorno da família. Depois de muita burocracia e incertezas, o consulado brasileiro em Nagoya conseguiu as passagens.Mãe e filhos embarcaram na segunda-feira no Japão, num vôo que fez escalas em Paris e São Paulo, e finalmente chegaram aBauru. A família estava no Japão há nove anos e não havia mais retornado. Ainda no aeroporto, além de reencontrar a filha e o neto que viu sair do Brasil com três anos, a avó Roseli conheceu os quatro netos menores que, agora, passaram a morar em sua casa. Ao ver a filha e os netos descendo do avião, Roseli, emocionada, disse: "Acabou o pesadelo!" E fez questão de destacar que o final feliz foi alançado graças à intervenção da imprensa, especialmente do Estado e JT que, com a divulgação do caso, sensibilizaram as autoridades.Depois do reencontro, a família conversou durante toda a madrugada. hoje à tarde Daniele foi cortar o cabelo e ao dentista e disse estar pronta para o recomeço.

Agencia Estado,

01 de julho de 2004 | 18h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.