Deas quer interrogar Andinho em Campinas

Investigadores da Delegacia Anti-Seqüestros de Campinas (Deas) estão em Itu acompanhando a prisão do seqüestrador Vanderson Nilton de Paula Lima, o Andinho. A Deas confirmou que irá solicitar a transferência do criminoso para Campinas, onde ele seria interrogado.Andinho é suspeito de liderar a quadrilha responsável por vários dos 32 seqüestros ocorridos na cidade no ano passado. Também à sua quadrilha é atribuído o seqüestro de Rosana Melotti, assassinada pelos seqüestradores em frente à sua casa, no Parque Taquaral, em janeiro deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.