Debates e sabatinas para valorizar o voto

Ao longo da campanha eleitoral, o 'Estado' organizou eventos que discutiram as propostas dos principais candidatos

, O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2010 | 00h00

Além da cobertura diária da campanha eleitoral e da publicação de cadernos especiais, o Estado ofereceu ao leitor a possibilidade de conhecer as propostas dos candidatos aos principais cargos em disputa nas eleições de hoje por meio de debates, sabatinas e entrevistas exclusivas.

A maratona teve início em maio, com um debate inédito entre os presidentes dos dois principais partidos da então pré-campanha presidencial: Sérgio Guerra (PSDB) e José Eduardo Dutra (PT). Depois, o jornal organizou outro debate inédito, entre os candidatos a vice-presidente. Em parceria com a TV Gazeta, o Estado promoveu três debates: entre os candidatos à Presidência (do qual Dilma Rousseff, do PT, se ausentou), ao governo de São Paulo e ao Senado por São Paulo - neste, o candidato Netinho de Paula (PC do B) não quis participar.

Sabatinas. As sabatinas, formato que permite ao candidato detalhar suas propostas, também tiveram espaço nas páginas do Estado. O jornal sabatinou dois candidatos à Presidência - José Serra (PSDB) e Marina Silva (PT) - e os dois principais candidatos ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) e Aloizio Mercadante (PT).

O portal estadão.com.br realizou sabatinas com outros três candidatos a governador: Fábio Feldman (PV), Paulo Skaf (PSB) e Celso Russomanno (PP).

A cobertura do Estado incluiu ainda entrevistas exclusivas com candidatos à Presidência, ao governo de São Paulo e com líderes políticos. Ontem, véspera da eleição, o Estado publicou o caderno Guia do Eleitor, uma prestação de serviço para quem vai votar, com a lista completa dos candidatos de São Paulo a todos os cargos em disputa hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.