Decepcionado, Jefferson Péres anuncia saída da vida pública ao final do mandato

O senador Jefferson Peres (PDT-AM), candidato a vice-presidente na chapa de Cristovam Buarque, comunicou nesta quarta-feira, 30, da tribuna do Senado, que, ao término de seu mandato, em 2010, vai sair da vida pública "profundamente desencantado". Peres disse que, até lá, vai continuar protestando contra o que considerar errado, mas não vai mais atuar como parlamentar, após constatar o atual Congresso Nacional "é o pior" que ele conhece.Segundo Peres, a maioria dos integrantes do atual Congresso "é medíocre, com um nível intelectual e moral tão baixo" que não vale a pena insistir no mandato. Para ele, a situação atual do País tornou-se evidente quando pessoas da classe artística - que, segundo ele, deveriam se comportar como a consciência moral do País - disseram "besteiras em favor do presidente Lula para continuar desfrutando de patrocínio de empresas estatais"."Parte da população, inclusive, compactua com a posição do presidente Lula de minimizar a corrupção em seu governo", constatou o pedetista. "Fazem isso porque são iguais a ele. Podem até chamar o Fernandinho Beira Mar e fazê-lo presidente. Não com o meu voto, pois estou encerrando minha vida pública daqui a quatro anos, profundamente desencantado".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.