Decisão da Justiça impede prisão de envolvidos no caso dossiê

O desembargador federal Cândido Ribeiro, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, concedeu nesta sexta-feira, 20, uma liminar que impede a prisão de investigados por suspeita de envolvimento com o escândalo do dossiê entre os quais Osvaldo Martinez Bargas, Expedito Afonso Veloso e Jorge Lorenzetti. Ao tomar a decisão, o magistrado observou que os suspeitos estão respondendo a todas as solicitações da Justiça e não estão atrapalhando as investigações. Por isso, não existiriam motivos para justificar uma eventual ordem de prisão. Os investigados já tinham conseguido anteriormente um despacho favorável. O desta sexta foi mais uma decisão preventiva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.