Decretada prisão preventiva de matricida

O desempregado Marcos Fonseca, de 38 anos, acusado de matar a pancadas a mãe, Elisa Frisiachi, de 72 anos, teve nesta quarta-feira prisão preventiva decretada pelo juiz Alberto Anderson Filho, do 1º Tribunal do Júri.O juiz remeteu o inquérito à Promotoria de Justiça para oferecimento de denúncia. Marcos foi preso no último dia 6, quando procurava internar-se em uma clínica em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo.Interrogado pelo delegado do 27º Distrito Policial, Enjolras Relo de Araújo, Marcos se manteve em silêncio, invocando o direito de só falar em juízo. O acusado estava em regime de prisão temporária por cinco dias, que terminaria à meia noite desta quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.