Decretada prisão preventiva de suspeitos da morte de garotas em Pernambuco

Os dois principaissuspeitos do assassinato das adolescentes Maria Eduarda Dourado e Tarsila Gusmão,ambas de 16 anos, tiveram prisão temporária de 30 dias decretada pela Justiça. Osirmãos Valfrido Lira da Silva, de 35 anos, e Marcelo José de Lira, 34, foram presos nesta terça-feira à tarde em Cachoeirinha, município do agreste pernambucano, pela polícia civil.As estudantes passavam o fim-de-semana com amigos na Praia de Serrambí e desapareceram no último dia 3, quando voltavam de um passeio de lancha na praia dePorto de Galinhas, no litoral sul do Estado. Seus corpos foram encontrados com tiros na cabeça, 10 dias depois, em um canavial às margens da rodovia que liga as praias, pelo pai de Tarsila, José Vieira, que fazia busca paralela à polícia. Há indícios de abuso sexual.De acordo com testemunhas, as adolescentes foram vistas pela última vez quando pegavam uma Kombi, em Porto de Galinhas, com destino a Serrambí. O veículo tambémfoi apreendido e está sendo periciado pela polícia. Os suspeitos só serão apresentados à imprensa quando o inquérito policial for concluído.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.