Dedé da Portela morre de derrame em casa

O compositor e cantor Dedé da Portela morreu, nesta terça-feira, de acidente vascular cerebral (AVC), em casa. Ele era considerado um dos principais músicos da Portela, uma das mais tradicionais escolas de samba do Rio. Há quatro anos, ele já sofrera um derrame.Autor de sambas como ?Senhora rezadeira? e ?Mais uma aventura?, Dedé compôs com Norival Reis o enredo ?Contos de areia?, de 1984, ano em que sua escola foi a campeã do primeiro dia de carnaval.Era a inauguração do Sambódromo e houve doisvencedores ? a Mangueira acabou como supercampeã. O corpo de Dedé da Portela está sendo velado nesta terça-feira na quadra da escola de samba Leão de Nova Iguaçu (Baixada Fluminense) e o enterro deve ser na manhã desta quarta, também na cidade, com a homenagem de sambistas da agremiação que sempre defendeu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.