Defesa Civil afirma que sobrado que desabou estava abandonado pelos proprietários

Imóvel pertencente ao bloco carnavalesco Cordão da Bola Preta estava sem manutenção

Gheisa Lessa - Central de Notícias,

15 de maio de 2012 | 12h53

São Paulo, 15 - Em entrevista à Rádio Esdadão ESPN, o sub-secretário da Defesa Civil do Rio, o coronel Márcio Motta, falou sobre os feridos do desabamento na Rua do Lavradio, no bairro da Lapa, região central do Rio de Janeiro. O coronel explica, também, a atual situação do casarão que já havia sido interditado no início deste ano pela própria Defesa Civil do Estado.

O Secretário da Defesa Civil do Rio, que está no local do desabamento, explica que o segundo andar do imóvel, cedeu no início da manhã desta terça-feira, 15, porque a estrutura da casa é antiga e a construção estaria abandonada pelos proprietários.

Motta destaca na entrevista que o casarão já havia sido interditado no início deste ano pela Defesa Civil do Rio, porque partes da estrutura do imóvel chegaram a cair e a oferecer risco aos pedestres que passam pela região.

A Defesa Civil, segundo Motta, avalia a possibilidade de demolir o restante do casarão com o objetivo de eliminar todo o risco que a construção possa oferecer aos pedestres que circulam pela região.

Durante o desabamento, de acordo com a entrevista de Motta, algumas pessoas ficaram levemente feridas ao serem atingidas por pedaços de escombros. As pessoas foram atendidas e levadas para hospitais da região.

Mais conteúdo sobre:
desabamentoprédiorio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.