Defesa Civil alerta para chuvas fortes em 14 Estados

Continua preocupante a situação de chuvas em diversas regiões do País, e desta vez o alerta foi enviado a 14 Estados. É o que afirma a Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, nesta quarta-feira, 10. Segundo a Sedec, estão alertadas para ocorrência de fortes chuvas as Defesas Civis de 14 Estados em todas as regiões do País - Sudeste, Sul, Centro-Oeste, Norte e Nordeste.Na região Sudeste, a instabilidade persiste no Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo, com possíveis ocorrências de chuvas de forte intensidade, acompanhadas de descargas elétricas e rajadas de vento de 50 a 60 km/hora, nesta quarta-feira, no norte fluminense; hoje e quinta-feira no oeste, centro e norte de São Paulo, sendo que na sexta, o alerta vale para todo o Estado de São Paulo; e de hoje a sexta-feira para o Espírito Santo. Em Minas Gerais, as chuvas também continuam a ocorrer, hoje e amanhã, em boa parte do Estado. No Triângulo Mineiro e nas regiões sul e oeste de Minas podem ocorrer chuvas de forte intensidade.Na região Sul, o deslocamento de nova frente fria provoca chuva forte com descargas elétricas e rajadas de vento de 50 a 60 km/hora, amanhã e sexta-feira, no oeste e centro do Rio Grande do Sul, no oeste, meio-oeste e planalto sul de Santa Catarina, e no oeste, sudoeste e centro do Paraná. Já na região Centro-Oeste as chuvas continuam em boa parte da região, com possibilidade de descargas elétricas e rajadas de vento de 50 a 60 km/hora, nesta quarta, no Mato Grosso; hoje e amanhã no centro-leste de Goiás e Distrito Federal. O alerta persiste até sexta-feira no Mato Grosso do Sul.No Nordeste, há risco de chuva forte ainda hoje no centro-sul do Maranhão; entre o final da tarde de hoje e amanhã no sul do Piauí; e de hoje até sexta no oeste e centro-sul da Bahia. No Norte do País, de acordo com a Defesa Civil, áreas de instabilidade provocam chuvas em boa parte da região, principalmente nos períodos da tarde e da noite. Nesta quarta e quinta, poderão ocorrer chuvas de forte intensidade acompanhadas de descargas elétricas no estado de Tocantins.A Sedec orienta que a população evite áreas de alagamento e locais com pouca ou nenhuma proteção contra raios e ventos fortes. A Defesa Civil alerta ainda para o risco de deslizamento de encostas, morros e barreiras.VítimasSó na região Sudeste, já são contabilizadas 53 mortes em decorrências das fortes chuvas. No Rio de Janeiro foram 27 vítimas fatais. Em Minas, o balanço da Defesa Civil registra vítimas desde outubro do ano passado, quando começaram as fortes chuvas no estado. No total, 21 pessoas morreram, sendo que quatro mortes foram confirmadas desde o início de janeiro. Em São Paulo, até o momento, a Defesa Civil soma cinco mortes desde 1º de dezembro do ano passado. No total, 69 municípios foram afetados. O Espírito Santo não tem vítimas fatais até então, mas registra cerca de 840 desabrigados e 3.700 desalojados, desde 4 de novembro do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.