Lauro Alves/Agência RBS
Lauro Alves/Agência RBS

Defesa Civil distribuirá cestas básicas após chuva no RS

Segundo órgão, 100 mil pessoas foram afetadas pelos temporais e cinco mil estão desabrigadas

Marcela Gonsalves, estadão.com.br

22 Julho 2011 | 17h54

SÃO PAULO - A Defesa Civil vai distribuir a partir deste sábado, 23, cestas básicas, kits de limpeza e colchões aos moradores das áreas atingidas pelas chuvas no interior do Rio Grande do Sul. O mais recente levantamento feito pelo órgão aponta que mais de 100 mil pessoas foram afetadas pelos temporais, 5.180 estão desabrigadas (aquelas que perderam tudo e necessitam de abrigos públicos) e 10.330 se encontram desalojadas (aquelas que podem contar com a ajuda de familiares e vizinhos). Além disso, 15 municípios já decretaram situação de emergência.

As chuvas castigaram principalmente as cidades de Encantado, Bom Princípio, Cruzeiro do Sul e Parobé. Somadas, mais de 30 mil pessoas foram afetadas nessas regiões pelo aumento dos níveis dos arroios ou rios e pelos deslizamentos. Segundo o chefe da Defesa Civil, Oscar Moiano, os colchões, as cestas básicas e os kits de limpeza serão distribuídos inicialmente em Parobé, São Jerônimo, Lajeado, São Sebastião do Caí, Igrejinha, Encantado, Sarandi, Cruzeiro do Sul e Montenegro.

Conforme Moiano, a Defesa Civil e suas coordenadorias regionais vão permanecer em estado de alerta pelo menos até a próxima semana. "Vamos continuar monitorando esta situação até 48 horas, possivelmente até segunda-feira, porque há risco de termos outros problemas, especialmente na região metropolitana", disse, acrescentando que o Rio do Sinos tem uma densidade demográfica maior no seu entorno e torna aquela região vulnerável.

Mesmo com as equipes mobilizadas pelo interior, Moiano afirmou que a Defesa Civil também está pronta para eventuais reflexos da elevação de rios e arroios em outras localidades. "O Rio Uruguai, que hoje apresenta problemas naquela região, poderá nas próximas horas, pelo princípio de escoamento, causar problemas em São Borja, Itaqui e Uruguaiana, sem contar o Rio Gravataí, que pode trazer algum tipo de problema para Cachoeirinha e Gravataí."

Os municípios que decretaram situação de emergência são Novo Tiradentes, São Sebastião do Caí, São Jerônimo, Arvorezinha, Lajeado, Encantado, Sarandi, Santa Teresa, Bom Princípio, Arroio do Meio, Cruzeiro do Sul, Monte Negro, Venâncio Aires, Charrua e Pareci Novo.

Mais conteúdo sobre:
chuva RS assistência Defesa Civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.