Defesa confirma indicação de brigadeiro para Anac

O Ministério da Defesa confirmou que Nelson Jobim escolheu o brigadeiro Alemander Pereira Filho para um cargo na diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Segundo assessoria de imprensa do ministério, Jobim já encaminhou à Casa Civil o nome de Alemander, que foi diretor do antigo Departamento de Aviação Civil (DAC).   Jobim encontra Dilma para definir nomes para diretoria da Anac Funcionário da Anac desmente Denise Abreu na CPI do Apagão   A escolha do brigadeiro terá de ser aprovada pelo Senado. Os deputados Rocha Loures (PMDB-PR) e Efraim Filho (DEM-PB), que estiveram nesta quinta-feira, 6, com Jobim, haviam dito que Alemander substituirá na Anac o ex-diretor Jorge Luiz Brito Velozo, que pediu demissão no dia 28 de agosto.   Nesta quinta-feira, o diretor Leur Lomanto renunciou ao cargo na agência. Lomanto é o terceiro diretor da agência a entregar o cargo e sua renúncia já era vista como certa. Denise Abreu e Jorge Luiz Velozo foram os primeiros a renunciar ao cargo, por conta da pressão sofrida após o acidente da Gol, em 29 de setembro de 2006, a conseqüente crise aérea e o acidente da TAM, em 17 de julho.    Com a saída de Lomanto, restam agora no comando da Anac apenas o diretor-presidente, Milton Sérgio Silveira Zuanazzi, e o diretor de Relações Internacionais, Estudos e Pesquisas, Josef Barat. A contrário de Zuanazzi, Barat não tem demonstrado resistências a sair da Agência. Já Zuanazzi, deixou claro, na terça-feira, que não pretende renunciar de seu mandato. "Não sou um empecilho e não estou ali (na presidência) para atrapalhar a vida do governo nem do Ministério (da Aeronáutica). Mas ninguém vai me enxovalhar, ninguém vai dizer a hora em que eu tenho que sair, se eu tenho um mandato", afirmou ele na reunião do Conselho Nacional de Turismo.   A expectativa é de que o ministro da Defesa, Nelson Jobim, anuncie ainda hoje alguns nomes para integrar a diretoria. Hoje pela manhã, o ministro disse que está fazendo as últimas consultas e que ainda hoje se encontrará com a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, para tratar do assunto. Já deixaram a diretoria da Anac Denise Abreu, que ocupava a diretoria de Serviços Aéreos e Relações com Usuários , e Jorge Velozo, que era diretor de Segurança Operacional, Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos.   Na semana passada, o ministro Jobim disse, no Congresso, que estava tendo dificuldades para encontrar pessoas interessadas em integrar a diretoria da Anac. "Não é fácil conseguirmos reposições porque ninguém quer entrar nessa história. Antes, todos queriam", afirmou. E acrescentou: "Os nomes sondados dizem 'isso é abacaxi; eu não vou entrar nessa coisa'".

EUGÊNIA LOPES, Agencia Estado

06 Setembro 2007 | 19h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.