Delegacia é atingida por bombas caseiras no Paraná

Quatro bombas de fabricação caseira foram jogadas na madrugada desta quarta-feira, 30, contra um distrito policial de Maringá, a 430 quilômetros de Curitiba, no norte do Paraná. Apesar de ter feito estragos na sala que é ocupada pelo delegado e em parte do corredor, não houve feridos. Ninguém estava no local àquela hora. A polícia não descarta hipóteses, mas tem como mais provável que se tratou de ato de vandalismo.De acordo com o delegado Emerson Fortunato de Abreu, o distrito, com cerca de 80 metros quadrados, fica na periferia de Maringá, não possui presos e fecha durante a noite. "É um local isolado", acentuou. O que leva a considerar que se trata apenas de ato de vandalismo é o fato de não ser a primeira vez que há destruição no distrito. "Já quebraram vidros, já deram tiros", afirmou Abreu. A polícia coletou algumas provas e trabalha para descobrir a autoria do crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.