Delegada sofre seqüestro-relâmpago no interior de SP

A delegada Rute Daniel de Souza, da Delegacia da Mulher de Valinhos, cidade próxima a Campinas, foi vítima de um seqüestro-relâmpago na noite de ontem, em Campinas. Ela dirigia um veículo Fiat Uno e estava parada em um semáforo no bairro Swift, perto da Universidade Paulista (Unip), quando dois assaltantes se aproximaram, armados de revólveres. Os criminosos entraram no carro de Rute e circularam com ela por alguns minutos, antes de deixá-la, a pé, na Vila Lemos, uma das regiões mais perigosas de Campinas. O carro foi encontrado por policiais do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) menos de uma hora depois, no mesmo bairro onde a delegada foi deixada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.