Delegado atira em PMs à paisana em boate de Goiânia

Policiais trabalhavam como seguranças da casa noturna e viram delegado urinando em público

Carolina Spillari, Estadão.com.br

30 de maio de 2011 | 18h18

SÃO PAULO - Dois policiais militares davam expediente como seguranças de uma boate, no último domingo, 29, em um parque de exposições em Goiânia quando viram um homem urinando em público. Os dois convidaram Willy Borges de Amorim, delegado de policia de Goiânia, a se retirar do recinto.

 

O delegado retornou ao local e atirou nos dois policiais, que já não correm risco e receberam alta. Amorim foi preso em flagrante por tentativa de homicídio, mas agora está solto por habeas corpus. O delegado responderá a processo judicial.

Tudo o que sabemos sobre:
GoiâniaGOdelegadoPMboate

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.