Delegado da Polícia Civil é investigado por tráfico de influência

O delegado da Polícia Civil de São Paulo André Luiz Martins Di Rissio Barbosa está sendo investigado por tráfico de influência depois da divulgação do conteúdo de escutas telefônicas. Di Rissio é suspeito de participar de um esquema para liberação ilegal de mercadorias na alfândega do aeroporto de Viracopos, em Campinas, e está preso há um mês. O delegado também teve seu pedido de habeas-corpus negado no Superior Tribunal de Justiça (STJ)."O delegado tem inegável influência no meio policial, havendo fortes suspeitas - tanto por conversas telefônicas como por outros indícios - de que (o acusado) tentou obstar as investigações", afirmou o presidente interino do STJ, Francisco Peçanha Martins.O presidente do STJ rejeitou o pedido de habeas-corpus por razões técnicas e por considerar que a ordem de prisão foi fundamentada. Peçanha Martins ressaltou ainda que apenas em situações excepcionais é cabível um pedido de habeas-corpus contra decisão liminar de instâncias inferiores da Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.