Delegado deve ouvir assassino de Glauco nesta terça-feira

Transferência do autor do crime ainda não foi decidida; Archimides Cassão está em Foz do Iguaçu junto com sua equipe

Solange Spigliatti, do estadao.com.br

16 de março de 2010 | 10h13

O jovem Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, de 24 anos, acusado de assassinar o cartunista Glauco Villas Boas, de 53 anos, e o filho dele, Raoni, de 25 anos, deve ser ouvido pelo delegado Archimides Cassão Veras Júnior, do Setor de Investigações Gerais da Delegacia Seccional de Osasco (SIG), na hora do almoço desta terça-feira, 16, segundo a PF.

 

O delegado e sua equipe partiram de São Paulo no fim da noite desta segunda-feira, 15, para Foz do Iguaçu. A SIG ainda não tinha informações sobre a chegada da equipe ao município.

 

Transferência

 

A autorização da transferência de Carlos Eduardo ainda não foi solicitada à Polícia Federal do Paraná.

 

A informação é da assessoria da PF de Foz do Iguaçu, no Paraná, onde ele está detido desde a noite deste domingo, 14, após uma tentativa de fuga para o Paraguai.

Tudo o que sabemos sobre:
GlaucoCaduassassinato

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.