Delegado é assassinado na delegacia

O delegado José Alves dos Reis, 65 anos, chefe de assistência do Departamento de Identificação e Registros Diversos (DIRD), foi assassinado hoje por um motorista da Polícia Civil de São Paulo. O crime aconteceu volta das 17 horas, dentro do próprio prédio, onde ambos trabalhavam, no Butantã, zona oeste da capital.Segundo informações do Delegado Rui Stanislau Silveira Melo, diretor da Corregedoria da Polícia Civil, o motorista Jair Fiori Lorenzetti dos Santos, de 35 anos, estava de licença médica e tentava renovar a licença, o que teria sido negado. Depois de uma discussão com Reis, Jair sacou o seu revólver e deu três tiros no delegado. Jair foi preso em flagrante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.