Delegado e colega são mortos a tiros na zona leste de SP

O delegado Drauzio Fernandes de Souza, de 50 anos, que atuava no 56º Distrito Policial, de Vila Alpina, e uma colega dele, identificada como Andrea Alexandra Maeda, de 34 anos, foram mortos a tiros, por volta das 20h de domingo, 1. No momento do crime, eles conversavam fora de seus respectivos carros, um CrossFox e um Fiat Pálio, na esquina da Rua Lituânia com a Rua Rui Martins, na Água Rasa, zona leste da capital paulista. Segundo boletim de ocorrência registrado no 57º Distrito Policial, do Parque da Mooca, uma testemunha disse ter visto um homem armado se aproximando das vítimas. A polícia ainda não sabe se o desconhecido anunciou assalto, mas conforme as primeiras informações, o delegado teria reagido, o que gerou troca de tiros. Drauzio e Andrea foram baleados e encaminhados ao pronto-socorro João XXIII, onde morreram. O criminoso, mesmo baleado nas nádegas, fugiu. Nada foi levado das vítimas.

Agencia Estado,

02 Abril 2007 | 04h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.