Delegados e agente da PF são presos em Ribeirão Preto

Delegados e agentes da Polícia Federal de seis Estados prenderam hoje, em Ribeirão Preto, dois delegados, um agente (todos da PF), além de um doleiro e um usineiro e dois outros homens suspeitos de integrarem uma quadrilha de adulteração de combustíveis e de roubo de carga. A ação começou de madrugada e representou a conclusão de dois anos de investigação por parte da PF. Todos estão presos na carceragem da Polícia Federal, em Ribeirão Preto, e devem ser transferidos para a Superintendência da PF em Brasília ainda hoje.Os únicos nomes dos presos revelados foram os dos delegados da PF Wilson Perpétuo e José Bocamino. Os dois são investigados sob acusação de integrarem uma quadrilha de tráfico de diamantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.