DEM destitui Apolinário por apoio a Mercadante

Destituído da liderança do DEM na Câmara Municipal de São Paulo após declarar apoio e voto a Aloizio Mercadante (PT) ao governo do Estado, o vereador Carlos Apolinário afirmou ao Estado que não se sente mais na obrigação de articular apoios a projetos e votações de interesse do governo do prefeito Gilberto Kassab. Disse também que "tudo caminha para votar em Dilma Rousseff" à Presidência.

, O Estado de S.Paulo

17 de junho de 2010 | 00h00

Quatro dos sete vereadores do DEM assinaram ontem documento retirando Apolinário da liderança. O novo líder é o vereador Marco Aurélio de Almeida Cunha. Da bancada do DEM, Milton Leite também já havia declarado apoio a Mercadante.

"Em parte isso até ajudou (sair da liderança). Agora, sou só o cabo eleitoral do Mercadante", afirmou o vereador, que não pretende deixar o DEM. "Só irei (para outro partido) se o DEM me mandar embora. Sou DEM até que provem o contrário." / MALU DELGADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.