Denarc apreende ecstasy em Piracicaba e cocaína no Guarujá

Um total de 500 comprimidos de ecstasy foram apreendidos por agentes Departamento de Investigações Sobre Narcóticos nesta quarta-feira em Piracicaba, interior de São Paulo, em poder de três jovens. Os policiais da 3ª Delegacia da Divisão de Investigações Sobre Entorpecentes começaram a investigar os acusados depois de receber informações de que eles abasteciam festas raves da região.Foi localizado então o cabeleireiro Sérgio Henrique de Paschoal, de 29 anos, que passou a ser investigado. Os agentes descobriram que o cabeleireiro agia em parceria com o estudante de segundo grau Jonathan Willian Calderan, de 20 anos, e com o ajudante de protético Robert Aparecido Leite, de 23 anos.Ontem, Sérgio marcou encontro para negociar a venda das 500 pastilhas de ecstasy em frente a um posto de gasolina da avenida Pádua Dias, em Piracicaba. Por telefone, Sérgio mantinha contato com Robert e Jonathan, que estavam na avenida Independência, próximo a uma locadora de filmes. Depois de Sérgio se encontrar com os dois sócios, pegar um saco com oecstasy, voltou para o ponto de encontro, em frente ao posto de combustível.Os policiais decidiram revistá-lo, encontrando a droga no bolso do acusado. Em seguida, os dois que esperavam pelo cabeleireiro, próximo à locadora, também foram levados para o Denarc, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas.Guarujá A recepcionista Mirian Rosa dos Santos, de 39 anos, foi presa em flagrante também pelo Denarc nesta quarta-feira, na cidade do Guarujá, Litoral Sul. Ela foi flagrada por policiais da 3ª Delegacia da Divisão de Investigações Sobre Entorpecentes com cinco quilos de cocaína, em Vicente de Carvalho. A droga estava em um sacola. A mulher foi autuada em flagrante por tráfico de drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.