Denarc estoura laboratório de drogas em Santo André

Agentes do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) estouraram um laboratório de refino de crack montado numa das salas de prédio comercial localizado na altura do nº 243 da Rua Coronel Alfredo Flaquer, no Centro de Santo André, no Grande ABC, na noite de quinta-feira.Foram presos no local o lavador de carros Tiago Souza de Jesus, de 19 anos; o técnico em informática Waldemir Salvador Onofre, de 29; a recepcionista Paula Alves dos Santos, de 19; e uma estudante de 1º Grau, de 16 anos.Com o grupo, foram apreendidos 6.329 pedras de crack, uma balança digital, bacias plásticas, peneiras, pratos tesouras e outros materiais usados no manuseio e embalagem do entorpecente. A droga - já pronta para a distribuição em favelas e pontos estratégicos da cidade - pesou um total de seis quilos.Maconha Também nesta quinta-feira, um total de 150 quilos de maconha foi apreendido pelos agentes Denarc na Praia do Gonzaga, em Santos, litoral sul paulista. A droga estava com o estivador Noemio Carnevale Pompeu, de 43 anos, que dirigia um Toyota Corolla. Segundo os investigadores, a maconha seria distribuída em favelas da Baixada Santista. Eles só conseguiram prender o estivador depois de receberem informação de que o carro transportando a maconha estaria próximo ao shopping, na Rua Floriano Peixoto. Os investigadores ainda não localizaram o proprietário do Corolla, pois o chassis do carro apreendido apresenta marcas de adulteração.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.